Como é feito o gerencimento de risco no transporte de carga?

O gerenciamento de risco no transporte de carga é fundamental para garantir a segurança da carga e reduzir custos com seguro. O gerenciamento de risco é uma forma inteligente de evitar prejuízos e manter a viabilidade operacional. Neste artigo, vamos entender melhor o que é o gerenciamento de risco no transporte e como ele é feito.

O que é gerenciamento de risco no transporte de carga?

O gerenciamento de risco no transporte de carga é uma atividade que busca identificar e avaliar os riscos envolvidos no transporte, e implementar medidas para minimizar esses riscos. O objetivo é garantir a segurança da carga, reduzir custos com seguro e evitar prejuízos.

Quais são os principais riscos no transporte de carga?

Esse transporte envolve diversos riscos, como roubo de carga, acidentes de trânsito, problemas mecânicos com os veículos, danos à carga, entre outros. Além disso, existem riscos relacionados à parte fiscal, como multas e apreensões da mercadoria, quando os documentos fiscais de transporte não estão em dia.

Como é feito o gerenciamento de risco no transporte de carga?

O gerenciamento de risco nesse tipo de transporte envolve diversas medidas para minimizar os riscos envolvidos. Algumas dessas medidas incluem:

Cadastro e consulta de motoristas: É importante cadastrar e consultar os motoristas que vão transportar a carga, para garantir que eles tenham um bom histórico de condução e não apresentem riscos para a carga.

Rastreamento e monitoramento: O rastreamento e monitoramento da carga é fundamental para garantir a segurança da carga e evitar roubos.

Plano de gestão de riscos: É importante ter um plano de gestão de riscos bem definido, que inclua medidas para minimizar os riscos envolvidos.

Investimento em segurança: As empresas de transporte devem investir em medidas de segurança, como treinamento de motoristas, manutenção dos veículos, entre outras.

GRIS: A Taxa de Gerenciamento de Riscos (GRIS) é uma cobrança que faz parte do valor do frete de transporte de cargas no Brasil. Essa taxa é cobrada pelas transportadoras com o objetivo de custear os investimentos em segurança e gerenciamento de riscos nas operações.

Em resumo, as empresas de transporte devem implementar medidas para minimizar os riscos envolvidos no transporte de carga, como cadastro e consulta de motoristas, rastreamento e monitoramento, plano de gestão de riscos, investimento em segurança e cobrança da GRIS. 

Para a Gubel, o gerenciamento de risco é um processo muito importante, que é feito de forma minuciosa por uma equipe extremamente competente para entregar máxima excelência em transporte de carga. Seja você também um de nossos clientes e tenha os melhores serviços de transporte e logística de carga.

Compartilhe:

Gostaria de fazer uma cotação?